FANDOM


Arthur Liddell

Arthur Liddell

Quem destrói uma alma, destrói o mundo. Há muita sabedoria nisso, Alice.
— Arthur Liddell para a jovem Alice

Arthur Liddell era o pai de Alice e Elizabeth e o marido da sra. Liddell. Ele também era reitor da Universidade de Oxford e gostava de fotografia, até que um incêndio em sua casa matou sua esposa e filha mais velha, Lizzie.

Biografia Editar

Arthur morava em Oxford com sua família e era reitor da universidade da cidade. Quando não estava na faculdade, concentrou-se em sua paixão pela fotografia e usou a biblioteca para armazenar seus equipamentos e fotografias, apesar da preocupação de sua esposa com objetos inflamáveis na biblioteca e do descontentamento que Lizzie que sentia pelo cheiro químico, que emitia algumas de algumas soluções tóxicas.

Além de passar algum tempo no hobby, Arthur costumava convidar seus alunos para tomar chá em casa. Esse ato de bondade levou a um de seus alunos, Angus Bumby, a sentir-se atraído e obcecado por Lizzie. Bumby tentou ter encontros sexuais com Lizzie pelas costas de sua família, apesar da óbvia rejeição que a mesma sentia por ele.

Morte Editar

Furioso com as "provocações" de Lizzie. Bumby entrou na Casa dos Liddell e a estuprou. E depois, ele incendiou a casa, para encobrir seu crime. Como Arthur e sua esposa costumavam ter um sono pesado, eles não ouviram os "barulhos" que vinham do quarto da filha mais velha. Com o material inflamável na biblioteca, o fogo se espalhou muito rapidamente.

No meio do caos, Arthur e sua esposa disseram a Alice para escapar enquanto tentava tirar Lizzie do quarto. Embora devido a Bumby que a matou, depois de estuprá-la, ele fechou a porta por fora e seus esforços foram em vão. Eles morreram queimados.

Seu corpo estava tão queimado que era irreconhecível, e ele, juntamente com sua esposa e sua filha mais velha, foram transportados em um depósito de corpos, enquanto a filha pequena estava sendo tratada em uma enfermaria e, provavelmente, mais tarde, toda a sua família foi enterrada. A morte de sua família levou Alice à loucura e corrupção do país das maravilhas.

Aparência Editar

No retrato da família Liddell, Arthur parecia ser um homem de meia idade, com uma mandíbula quadrada e olhos pequenos. Ele tinha cabelos escuros, barba e bigode. Você pode vê-lo vestido com um terno escuro com paletó e colete.

Personalidade Editar

Pouco se sabe sobre Arthur, mas parece que ele era um pai e um homem orgulhoso, e era como um herói ou modelo ideal para Alice. Ele amava muito sua família, a ponto de se sacrificar na tentativa de salvar suas filhas. Ele era muito sábio e tinha uma maneira filosófica de pensar. Ele conhecia vários assuntos e tinha um lado artístico, demonstrado principalmente por seu amor pela fotografia. Ele tinha uma forte antipatia pela caça de troféus, vendo-os como criações perversas que desonram o animal que antes vivia e degradam sua dignidade, comentando que ele não queria "abominações taxidérmicas" como tapetes de pele de urso e chifres de veado em sua casa.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.